Nós somos a peça que falta no quebra-cabeça!

Image Hosted by ImageShack.us Nenhum comentário: ||Image Hosted by ImageShack.us ||Image Hosted by ImageShack.us
Quantas vezes você já se sentiu isolado, sem ter um "grupo de amigos" para ir? Quantas vezes já pensou que não consegue se encaixar em nada? E não serve para nada? Nos parecendo ser uma peça pequena, única e que não consegue se encaixar em nenhum quebra-cabeça.
Por mais que tentamos, pensamos, procuramos, não conseguimos nos encaixar em lugar nenhum. Eu mesmo sou péssimo em esportes, já tentei de tudo ping-pong a handboll, xadrez a muay thai, seja o que for, se tiver relacionado com esportes eu sou ruim.
Porém temos que pensar em uma coisa antes de sair correndo loucamente a procura do seu quebra-cabeça: Você é tão ruim assim? Não consegue ser bom em nada? Você realmente está com dificuldades, ou não quer se encaixar em um quebra-cabeça?
Sim, antes de tudo basta querer se encaixar, você pode procurar à vontade, mas nunca vai se encaixar se não querer. Por exemplo: Eu não sou bom em esportes, mas antes de tirar essa conclusão eu devo pensar: Por quê eu não sou bom em esportes? Eu fiz alguma coisa para reverter isso? Eu não sei ou eu não quero aprender?
Ninguém nasce sabendo fazer algo, como também ninguém morre sem aprender alguma coisa, então tente explorar, descobrir, no que você é melhor, se não é bom em esportes tente fazer outra coisa, escrever,  desenhar, ajudar os outros, ou até mesmo cozinhar, ora se você é bom nisso está valendo. E quando descobrir no que você é bom, siga para próxima etapa que é muito importante: IN-VIS-TA, não adianta descobrir e não fazer nada, é a mesma coisa de achar um tesouro e deixá-lo guardado, nunca vai gerar em nada se não for usado! Como está escrito em 1 Timóteo 4, 14: "Não te desinteresses pelos dons que possuis, e que te foram dados a partir do momento em que os responsáveis da igreja, em nome de Deus, puseram sobre ti as mãos."
Como uma coisa leva outra, se você não consegue se encaixar em um esporte você não se encaixa no grupo de jogadores, se você não é bom em teatro e leitura, não se enquadrará no grupo de artistas e leitores e por aí vai. Porém todos são bons em alguma coisa, é claro que ninguém é perfeito e tem defeitos, mas isso não impede de você ser bom, nem ter amigos, além do mais não vai ser pelo que você faz ou deixa de fazer que vai interferir nas suas amizades. Sendo que nessa questão vale também o que eu já escrevi antes, que basta, antes de tudo, querer fazer amizades e também lutar para que elas perdurem.
"Mas como saber no que eu sou bom? Eu já tentei de tudo, eu sou um fracasso mesmo!" Opa, espere aí, meu amigo, primeira coisa: Paciência, nada na vida é fácil, tudo no seu tempo, ás vezes por acaso você acaba descobrindo, por outro lado não vá ficar também de braços cruzados esperando que o seu talento bata a sua porta. Segundo ninguém é tão ruim, só é ruim quem quer ser ruim, compreendeu?
E lembre-se sempre, você é sim uma peça de quebra-cabeça, porém, não é qualquer peça que não consegue se encaixar, e sim é A PEÇA que falta, a mais especial, a tão esperada e aguardada, única e valorizada e que um dia se encaixará!


Fiquem com Deus,
uma ótima semana para vocês,
e lembrem-se:
 DESCUBRA, APRIMORE, e ACREDITE. 

O poder do perdão!

Image Hosted by ImageShack.us Nenhum comentário: ||Image Hosted by ImageShack.us ||Image Hosted by ImageShack.us
E, quando estiverdes orando, perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém, para que vosso Pai, que está nos céus, vos perdoe as vossas ofensas. Marcos 11:25 

Desde pequenos, na oração que o próprio Pai nos ensinou, aprendemos que devemos perdoar para sermos perdoados.
Tenho um amigo, ou melhor um colega, que antes era muito meu amigo, porém, há muito tempo atrás me ofendeu e levantou mentiras a meu respeito; Não queria nem mais vê-lo, porém com o passar do tempo, acabei voltando a falar com ele, mesmo nunca ter me pedido perdão; E quando lembro do ocorrido me causa muito desconforto.
Apesar de falar com ele, não sei qual seria minha reação ao ouvir o pedido de perdão. Para ser sincero não é nada fácil perdoar, muito menos pedir perdão, e talvez por causa de estar envergonhado pelo o que fez meu colega não consegue pedir perdão...
Mas por quê existe essa dificuldade tão grande em pedir perdão? E como saber se o meu perdão é sincero? Para responder essas e outras perguntas convidei o Padre Anderson Marchiori para nos ajudar a compreender o perdão!





No que consiste o verdadeiro perdão?

Pe. Anderson Marchiori

O próprio Jesus nos fala que o verdadeiro perdão é o que brota do coração, aquele não que perdoar seu irmão de coração o pai não o perdoará.
Primeiramente o perdão é um processo, existe uma frase que diz: Não perdoe cedo de mais.  de cura interior, onde a pessoa não vai esquecer, porque perdão nem sempre é esquecimento, mas ao lembrar daquele fato não vai lhe causar a mesma dor; Por exemplo: é semelhante ao nosso corpo físico quando temos um ferimento que ainda está aberto dói e nos perturba, dia  e noite; Quando sara a cicatriz ainda fica ali, mas ao olharmos para ela não sentimos a mesma dor, mas nos lembramos que um dia fomos feridos, e que agora nosso corpo já sarou.

Por que encontramos certa dificuldade em perdoar?
O perdão é algo que nos parece ir contra a nossa natureza, porque nós queremos primeiramente amar e ser amado, quando nós não somos amados por alguém, gera em nós uma dor muito profunda, nossa auto-imagem fica “danificada” e não encontramos amor em nós mesmo, por isso o perdão nos machuca, ele vai e nos toca onde é mais fundamental  em nós que é o amor, e a auto-imagem de nós, por isso a dificuldade de perdoar, porque nossa auto-imagem fica destruída e leva um tempo para reconstruí-la

Conselho para quem está em necessidade de perdoar?
Primeira coisa para a pessoa que é cristã: olhar para a cruz. Na cruz encontramos a imagem Daquele que sofreu para poder nos perdoar, tanto que o perdão são uma das ultimas palavras, propriamente a penúltima palavra dita por Jesus na cruz, quando ele olha para seus algozes e diz: Pai perdoa lhes, pois não sabem o que fazem. É no último momento, antes da entrega, depois de consumar toda a sua obra, que o próprio Jesus vai oferecer o perdão; Então a primeira coisa olhe para Jesus, e lembre-se: eu estou aqui hoje porque Deus também me perdoou.
Segunda coisa é procurar olhar para si mesmo, depois de olhar Deus, olhe positivamente  para si mesmo : Eu sou uma pessoa especial, única da face da Terra, que tenho valores, por isso ao dar o perdão estou valorizando o melhor que tenho dentro de mim: que é não revidar com a mesma arma que fui prejudicado por alguém.
Terceira coisa saber que o perdão é um processo, não se perdoa como se acende ou se apaga uma lâmpada, mas existe toda uma caminhada que a pessoa precisa realizar, dentre elas, ter tempo, o tempo é o mestre do perdão, porque é o tempo que vai nos ajudar a superar aquela dor causada por aquela pessoa, enquanto doer dentro de mim eu não vou conseguir perdoar sinceramente. Existe uma frase que diz: Não perdoe cedo de mais.
Depois deste tempo é necessário dar um passo concreto, ir ao encontro da pessoa e o fato que o feriu, para poder se colocar de frente; Ninguém perdoa fugindo do problema, mas olhando para o problema e sabendo que somos superiores a ele. Depois nós vamos experimentar, cada qual vai encontrar o seu meio de perdoar e também se sentir perdoado por si e por Deus. 



                                    Obrigado Padre Anderson Marchiori.
Abraços pessoal.
Qualquer dúvidas pode deixar na página Contato ou pode deixar seu comentário.


 

Como descobrir quem são os verdadeiros amigos?

Image Hosted by ImageShack.us Nenhum comentário: ||Image Hosted by ImageShack.us ||Image Hosted by ImageShack.us
Nos dão conselhos, compartilham segredos e nos promovem momentos felizes e inesquecíveis...

...AMIGOS! Todos tem, alguns mais, outros menos, uns mais próximos, outros nem tanto, isso não importa, pois o que realmente importa é ter milhares de amigos;

Opa! Será que é isso mesmo? Não importa quem seja, só importa que seja "mais um de nossos amigos"? Acho que não, hein?!

Na nossa vida muitas pessoas passam, deixam suas marcas e sem dúvidas, nos influenciam diretamente ou indiretamente, com coisas boas ou ruins.
E naturalmente os titulamos como colegas, amigos ou como os famosos 'melhores amigos'; Esses sim, os melhores amigos nos conhecem da unha do pé ao fio de cabelo, são quem temos maior afeição e não temos dúvidas à respeito.

Porém tem os amigos que estão próximos de nós, tentando se titular melhores amigos,  alguns realmente são bons, mas outros temos que ter muitas cautela...

Mas como saber quem são  realmente nossos amigos?
Primeiramente, acho que não devemos nos deixar influenciar, mas sim, ouvir outras opiniões e tirar suas conclusões a partir delas.
Segundo, você já deve saber o que é bom e o que é ruim, não é mesmo?! Se algum 'amigo' seu oferecer algo de ruim, e que você sabe que vai te fazer mal não aceite, e já repense sobre este amigo, e também como um amigo explique para ele o mal que certas coisas fazem.
Terceiro, já que existem os melhores amigos, por que você vai confiar há qualquer um? Para se mais sincero, se está em dúvida há quem confiar, confie somente Deus, pois Ele te dará os melhores conselhos e não irá contar nada a ninguém!

Uma música que particularmente é uma das minhas preferidas e que com certeza irá complementar o que eu quero dizer, é esta aqui:

Quem me dará um ombro amigo
Quando eu precisar?
E se eu cair, se eu vacilar,
Quem vai me levantar?
Sou eu, quem vai ouvir você
Quando o mundo não puder te entender
Foi Deus, quem te escolheu pra ser
O melhor amigo que eu pudesse ter


Amigos, pra sempre
Bons Amigos que nasceram pela fé
Amigos, pra sempre
Para sempre amigos sim, se Deus quiser

                                                 (Amigos pela Fé - Anjos de Resgate)
                                                       
Com um olhar mais profundo conseguimos perceber nessa letra que o principal "ingrediente" para ter uma boa amizade é o amor de Deus, se não tiver a primeira Lei de Deus dentro de sua amizade ela não permanecerá.

E sempre lembre-se quantidade não significa qualidade, não importa se tem poucos ou até mesmo, só um amigo, o importante é que seja o melhor, o que te leva para bons caminhos e que seja parceiro para todas as horas.

"O homem de muitos amigos deve mostrar-se amigável, mas há um amigo mais chegado do que um irmão" (Provérbios 18, 24)









Evangelizar: Como? Pra quem? E a onde?

Image Hosted by ImageShack.us 2 comentários: ||Image Hosted by ImageShack.us ||Image Hosted by ImageShack.us
“Ide e evangelizai todos os povos” (Mateus 28, 18)
Acho que não é necessário explicar o que esse versículo nos diz,  mas sim, explicar uma dúvida que muitos jovens como eu, e talvez até muitos adultos tem: 


Como evangelizar?
É preciso, primeiramente, entendermos o que significa evangelizar: Procurar anunciar o Evangelho a todos os seres humanos, lembrando que antes de tudo esse Evangelho deve ser vivido e começar a partir de dentro de nós, e não por obrigação ou apenas para "fazer bonito" e dizer que você "faz e acontece"!
Mas no nosso dia-a-dia parece tão difícil, e as vezes vergonhoso, do que realmente é. Achamos muito mais fácil contarmos uma piada, falarmos sobre diversos outros assuntos e acabamos deixando de lado, e até mesmo esquecendo da nossa missão. 
Porém, se você for ver, existe diversos meios de você evangelizar; 

Um deles é o contato pessoal, com um amigo seu, um parente, um conhecido. Nesses casos, você pode começar falando: "Estes dias atrás estava lendo minha Bíblia..." ou usar um método adquirido pelo meu avô, a respeito, um homem muito sábio e de grandes conhecimentos, no qual, a estar  em uma conversa franca (como sempre faz e é) com um amigo ou desconhecido ele derruba propositalmente seu terço, que carrega todos os dias no bolso, a pessoa então, por educação pega e o devolve, é aí que meu avô começa a evangelizar, conta o por quê de carregar o terço no bolso todos os dias, também explica qual é a importância de rezar e frequentar a Igreja Católica e por aí vai. O principal de tudo é ser franco, olhar olhos nos olhos e ter certeza do que você está falando.

Outro método de muita importância é a Catequese, na qual os catequistas evangelizam as crianças desde pequenos, os ensinando a importância de estarmos ali e os ddeveres que um católico tem, os ensinando para serem os próximos evangelizadores. Realço também, a grande importância e dever dos pais de levar a criança a catequese e a acompanhar sua vida espiritual e religiosa, não deixando ela se perder do Caminho de Deus. Lembrando também, que a vida religiosa não acaba na catequese, como muitos pensam, a família, em geral, deve ser católica atuante, indo as missas, rezando o terço etc.

O grupo de jovens também é um método de evangelização, mais dedicado a adolescentes, que passam por problemas e dificuldades, ou querem entender mais sobre Deus e como ser um bom cristão.

A Internet, um meio tão acessível e de grande utilidade, pode servir para evangelizar, através de e-mails, mensagens etc. Ao invés de ficar cuidando da vida dos outros, mechendo em coisas ruins ou usando para fins maldosos, use para evangelizar e transmitir a bondade!


A quem evangelizar?
Surge essa dúvida. Mas a quem eu vou evangelizar? 
Simples: A todas as criaturas da face da Terra. Começando por você, lendo a Bíblia e entendendo-a, não simplesmente passar o olho e achar "maravilhoso"; Frequentando as missas, seguindo os Mandamentos, em geral, sendo um cristão atuante, como já havia dito no inicio.
Depois sua família, pois depois de você, a evangelização deve estar e partir de dentro de sua casa. Convide-a para também ler a Bíblia, rezar um terço, nem que seja no mínimo, uma oração antes das refeições, se sua família só é de ir a Igreja em casamento e olhe lá, convide-a para ir a uma missa ou um culto que terá perto de sua casa.
E por aí vai, vizinho, amigo, parente, colega de trabalho e de escola até mesmo desconhecidos.


Onde evangelizar?
Já sabemos como evangelizar e a quem evangelizar, porém em que lugar devemos evangelizar? Na praça? Na fila de um banco? Em uma roda de amigos? Exatamente! É nesses lugares que devemos anunciar o Evangelho de nosso Senhor. "Ah, mas eu pensei que tínhamos que evangelizar dentro da Igreja" Bem, vejamos: Você está na Igreja, ouvindo o Evangelho, onde tem um Padre á sua frente evangelizando, qual é a necessidade de evangelizar a pessoa do seu lado? Com exceção que ela não entenda a homilia, aí sim. As pessoas que precisam saber do Evangelho, estão em lugares comuns, como lanchonetes, praças e também nas redes sociais; As vezes pode ser um amigo seu que frequenta a Igreja mas não vive o que é vos falado. Esse o ponto onde quero chegar, o que adianta ouvir e não viver? Lembra das três cruzes que você faz antes do Evangelho? Então cada uma tem o seu significado. A que é feita na testa, quer dizer que você quer que Deus de sabedoria para entender o Evangelho, a que é feita na boca, quer dizer que você pede para que saiba evangelizar, e transmitir a Palavra de Deus, e por fim, a que é feita no coração, quer dizer que é para guardarmos no coração e principalmente, vivê-la. Guardem a Palavra no coração, mas não esqueça de EVANGELIZAR!